A criança, de apenas 10 anos, que você costumava ver brincando e sorrindo, mas ultimamente estava triste, está sendo levada pelo carro do IML. A vizinhança chora sem entender o que aconteceu.

Há 7 meses Samuel sofria violência sexual de sua mãe. Ele sentiu a angústia e o medo, durante meses, de ver a hora do almoço se aproximar, quando a violência acontecia.

Durante todo o tempo, Samuel demonstrou com sinais, mesmo que involuntários, o que estava sofrendo. Mas ninguém percebeu. Até que ele não aguentou mais.

Todos os dias cerca de 40 casos de violência sexual são denunciados para o Disque 100 e Ligue 180. Entre eles, 89,6% acontece na casa da própria vítima por uma pessoa de confiança da família.

Com o isolamento social, fundamental para conter a disseminação da COVID-19, muitas crianças e adolescentes ficaram ainda mais vulneráveis, tendo em vista que diminuíram ou até interromperam o contato com demais familiares, profissionais da educação ou outros adultos que poderiam ajudá-los.

Você pode não se sentir confortável em interferir em um lar, mas é responsável pelas consequências de suas escolhas. Se souber de algo, denuncie! Disque 100, ligue 180 ou vá até a delegacia mais próxima.

Quando o assunto é criança e adolescente, não podemos ser negligentes!

A partir de agora faça a sua escolha! Você é do #TeamProteção ou do #TeamNegligência?
#PODESERABUSO

A Fundação Abrinq trabalha todos os dias para garantir que as crianças e os adolescentes tenham todos os seus direitos assegurados. Para isso, mobiliza a sociedade para a causa e compartilha informações de qualidade com o objetivo de orientá-la sobre como combater e prevenir a violência sexual e outras violações.

Conheça a campanha Pode Ser Abuso e saiba como participar. A sua atitude pode mudar para sempre o futuro de uma criança.

Cadastre o seu e-mail para receber conteúdos exclusivos:

Captcha obrigatório

Obrigada por se cadastrar. Em breve você receberá um combo especial da campanha.